Quarta-feira, 19 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,84
libra R$ 5,84

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,84
libra R$ 5,84

Economia Sábado, 18 de Maio de 2024, 06:45 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 18 de Maio de 2024, 06h:45 - A | A

Reguladores e setor bancário dos EUA devem focar em riscos mais críticos, diz diretora do Fed

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

A turbulência bancária ocorrida no ano passado nos Estados Unidos ilustra claramente que supervisores e instituições financeiras devem se concentrar em questões essenciais - como risco de crédito, risco de taxa de juros e risco de liquidez -, em vez de se ocuparem com assuntos tangenciais. A avaliação foi feita pela diretora do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) Michelle Bowman e consta em discurso divulgado na sexta-feira, 17.

Na convenção anual da Pennsylvania Bankers Association, Bowman instou os agentes de mercado a participarem das consultas sobre propostas de regulação bancária que estão sendo discutidas nos EUA.

Ela reconheceu que reguladores podem acabar perdendo de vista os principais riscos a serem abordados, e focarem em questões que não representam uma ameaça direta ao sistema financeiro, como mudanças climáticas.

"Nossas ações recentes sugerem que esse pode ser o caso, e que tomamos medidas que poderiam desviar o foco da administração de bancos de riscos importantes e fundamentais", comentou a dirigente.

E acrescentou: "Preocupa-me o fato de que concentrar nossos esforços de reforma regulatória em questões como mudanças climáticas só servirá para distrair ainda mais a administração e os supervisores dos bancos."

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros