Quinta-feira, 18 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,48
euro R$ 6,00
libra R$ 6,00

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,48
euro R$ 6,00
libra R$ 6,00

Cidades Terça-feira, 19 de Março de 2024, 09:26 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 19 de Março de 2024, 09h:26 - A | A

ESTADO ENDÊMICO

Tangará da Serra investiga nova morte por chikungunya, segunda do ano

Município já confirmou uma morte em decorrência da doença

JOLISMAR BRUNO
DA REDAÇÃO

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Tangará da Serra (252 km de Cuiabá) investiga uma nova morte por chikungunya na cidade. A informação consta no boletim de doenças emergentes do município divulgado nesta segunda-feira (18). Tangará já confirmou uma morte em decorrência da doença neste ano, a primeira do Estado. Cinco mortes por dengue também são investigadas na cidade. Mato Grosso já soma mais de 12 mil casos de dengue, também causada pelo Aedes aegypti, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

A reportagem fez contato com SMS de Tangará em busca de informações sobre a vítima, mas ninguém atendeu os chamados. Contudo, exames específicos estão sendo realizados para comprovação ou não da nova morte por chikungunya. Caso confirme, será a segunda em decorrência da doença em todo Estado neste ano. O resultado será divulgado nos próximos dias.

Tangará da Serra vive uma epidemia de dengue, zika e chikungunya. O município confirmou a primeira morte em decorrência de chikungunya nos primeiros dias de março deste ano. A vítima, um idoso de 73 anos, estava internada em uma unidade particular e tinha comorbidades, como diabetes e hipertensão, conforme reportou o HiperNotícias

LEIA MAIS: Homem de 73 anos morre em decorrência de chikungunya em Tangará da Serra

DENGUE

O boletim de doenças emergentes também informa que, em Tangará, outras cinco mortes também estão em investigação sob a suspeita de dengue. Ainda não há informações sobre quais eram as condições das vítimas. As confirmações devem ser feitas após a realização de exames e divulgadas pelos próximos dias. 

"SEMANA D"

Diante da confirmação de mais de 12 mil casos de dengue, conforme divulgou a SES-MT nesta segunda-feira (18), a pasta iniciou a 'Semana D', para conscientizar a população contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, zika e chikungunya. 

LEIA MAIS: com mais de 12 mil casos de dengue em Mato Grosso, SES lança "Semana D" para combater a doença

AÇÕES DE COMBATE EM TANGARÁ

A prefeitura de Tangará da Serra, diante da epidemia vivenciada na cidade, tem realizado inúmeras ações de conscientização e combate a doença.

Atuamente, os agentes estão fazendo o uso do fumacê, um trabalho que serve para eliminar o máximo possível das fêmeas infectadas, cortando a transmissão do mosquito nos bairros da cidade. A ação é feita no período da manhã e a tarde. 

VEJA CRONOGRAMA DESTA TERÇA-FEIRA

 

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros