Cidades Segunda-feira, 27 de Junho de 2022, 14:54 - A | A

Segunda-feira, 27 de Junho de 2022, 14h:54 - A | A

POSITIVOS DOBRARAM

Procura por testes de covid-19 em laboratórios particulares cresce 307% em MT

Segundo dos dados da pesquisa, em maio, cerca de 13% dos testes realizados sinalizavam positivamente para a doença. O percentual passou para 26% em junho, quando o número de testes realizados cresceu em 307%

Da Redação

Imagem Ilustrativa

image

Imagem Ilustrativa

A procura por testes de covid-19 nos laboratórios particulares de Mato Grosso aumentou 307% entre os dias 1º e 10 de junho, segundo levantamento do Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado (Sindessmat), divulgado nesta segunda-feira (27). O mesmo estudo, realizado em parceria com a Associação Mato-grossense de Análises Clínicas (Amac), revelou que o quantitativo de positivações nos teses também dobrou, no comparativo com o mesmo período do mês de maio. 

Segundo dos dados da pesquisa, em maio, cerca de 13% dos testes realizados sinalizavam positivamente para a doença. O percentual passou para 26% em junho, quando o número de testes realizados cresceu em 307%.

O aumento na procura e nos resultados positivos para a doença reflete também no número de internações nos hospitais privados. Outro levantamento realizado pelo Sindessmat aponta que, na última semana, a ocupação de leitos de internação para covid-19 estava em 28%, enquanto na semana anterior (17) a ocupação estava em 16%. Já em relação aos leitos de UTIs exclusivos para tratamento da doença, a ocupação estava em 48%, enquanto na semana anterior estava em 39%.

“É mais um momento de atenção para os hospitais privados de todo o estado confirmado com o aumento nos números de novos casos e consequentemente no atendimento nas unidades de saúde. Vale ressaltar que, em sua maioria, os hospitais ainda possuem capacidade de ampliação no número de leitos destinados ao tratamento da covid-19, no entanto diante de um cenário mundial de desabastecimento de alguns medicamentos e insumos hospitalares é preciso redobrar os cuidados”, reforçou a diretora executiva do Sindessmat, Patrícia West.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros