Cidades Terça-feira, 28 de Junho de 2011, 10:52 - A | A

Terça-feira, 28 de Junho de 2011, 10h:52 - A | A

INVESTIGAÇÕES

Delegada aponta possíveis falhas de informação sobre segurança em shopping

Responsável pelas investigações, Alexandra afirma que não havia placas com informações sobre o perigo

HÉRICA TEIXEIRA
herica@hipernoticias.com.br

A delegada Alexandra Campos Mensch Fachone, da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), que investiga a morte de dois adolescentes, disse que o Pantanal Shopping não avisou, por meio de placas, que entrada acessada pelas vítimas era restrita.

Mayke Toscano/Hipernotícias
Delegada Alexandra Campos Fachone ainda não tem a conclusão sobre o que realmente ocasionou a tragédia
"Existia no percurso uma saída de emergência, que os adolescentes andaram em sentido oposto à ela, indo parar sobre um terraço. O shopping alega que o local era de acesso restrito, mas não havia impedimento ou mesmo uma sinalização falando dessa restrição", disse.

Alexandra começou a ouvir os adolescentes feridos, testemunhas e funcionários do shopping na quarta-feira (22), um dia após o acidente que ocasionou a morte Keysa Siqueira de Souza, 12 anos, e Marcelino de Souza e Santos, 14. Três ficaram feridos. Eles caíram do telhado do estabelecimento.

Alexandra explicou ainda que até o momento já foram ouvidas oito pessoas, entre segurança do shopping e os adolescentes. “As oitivas começaram na quarta-feira, já ouvi oito pessoas entre seguranças e as vítimas, ainda tem mais gente para ouvir, entre eles o Corpo de Bombeiros, que fez o atendimento às vítimas”, disse.

A delegada informou ainda que é cedo para ter alguma conclusão das investigações, que no prazo de 30 dias a investigação já estará finalizada. “Restam realizar algumas diligências e estou aguardando a perícia, somente ao final das investigações será possível apontar os culpados”, ponderou.

Quanto ao cartão de memória do celular de um dos adolescentes, que a família disse ter desaparecido, a delegada confirmou que o equipamento ainda não foi encontrado, que o advogado da família ficou de entregar. Alexandra explicou que é complicado fazer contato com a família dos adolescentes, pois eles ainda vivem o luto.

ENTENDA O CASO

Oito adolescentes tiveram acesso a uma das saídas de emergência do Pantanal Shopping. O acidente aconteceu na terça-feira (21). Os adolescentes passaram à  uma área restrita e chegaram ao telhado do prédio, a uma altura de 12 metros.

O telhado cedeu com peso dos estudantes, que caíram no piso do shopping. Uma menina de 12 anos morreu na hora e um menor de 14 faleceu horas depois no pronto-socorro.

A delegada aponta que adolescentes não encontraram placa informando da restrição do local, que os jovens tiveram acesso sem nenhum impedimento.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

tatiana maria oliveira 28/06/2011

A seriedade e segurança demonstrada pela Sra.Delegada,nas investigações na apuração da verdade dos fatos, nos traz a certeza que podemos vivenciar fatalidades, que mudam a vida de qualquer pessoa , num segundo. Todos nós que temos filhos, poderemos passar por isso!!!

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros