Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Brasil Quinta-feira, 26 de Maio de 2016, 15:11 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 26 de Maio de 2016, 15h:11 - A | A

BARBARIDADE

"Quando acordei tinha 33 caras em cima de mim", diz menina que sofreu estupro coletivo

METROPOLESS

Após exames em hospital do Rio de Janeiro, a jovem relatou o que passou na noite do estupro. “Quando acordei tinham 33 caras em cima de mim. Só quero ir para casa”, afirmou. Ainda no hospital, o pai dela afirmou que a garota “ficou tão traumatizada que só conseguia chorar”. “Ela foi a um baile, prenderam ela e fizeram essa covardia. Bagunçaram minha filha e quase a mataram. Estava gemendo de dor”, desabafou. As informações são do jornal O Globo.

 

Jovem estuprada

 

O pai, que preferiu não se identificar, passou a madrugada com a filha no Instituto Médico Legal, onde fez exames, e, em seguida, prestou depoimento na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática. Segundo a polícia, dois criminosos já foram identificados.

 

 

Mais cedo, a avó da jovem disse que ela desmaiou durante os abusos. “O vídeo é chocante, eu assisti. Ela está completamente desligada. Ela tem até umas coleguinhas lá, mas nessa hora nenhuma apareceu”, explicou à CBN.

 

O caso ganhou repercussão após um vídeo em que a jovem aparece nua e desacordada após uma sessão de violência ser divulgado nas redes sociais. A adolescente foi encontrada pela família na quarta-feira (25/5).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros