Brasil Quinta-feira, 07 de Julho de 2011, 16:09 - A | A

Quinta-feira, 07 de Julho de 2011, 16h:09 - A | A

CGU recolhe computadores do Ministério dos Transportes

Diretores do Dnit e da Valec receberam ofícios com solicitação semelhante, encaminhados pelo secretário federal de controle interno da CGU

DA FOLHA DE SÃO PAULO

A CGU (Controladoria Geral da União) começou na quarta-feira (6) a recolher computadores do Ministério dos Transportes para apurar as suspeitas de corrupção na pasta. Por ordem da presidente Dilma Rousseff, o órgão de controle realiza uma auditoria na pasta.

Segundo a assessoria da CGU, a previsão é que sejam recolhidos oito computadores para que seja feita a análise dos dados pela equipe de auditores.

No aviso ao ministro interino dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, o ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, informa que a equipe necessitará, "como de praxe em tais ações de controle, ter acesso imediato a documentos, em meio físico e em registros eletrônicos, para o que se faz indispensável, especialmente, o 'espelhamento' de computadores funcionais".

A composição da equipe de auditores, com oito integrantes, foi comunicada ontem, por meio de aviso ministerial a Passos.

Os diretores interinos do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e da Valec, estatal de ferrovias, receberam ofícios com solicitação semelhante, encaminhados pelo secretário federal de controle interno da CGU, Valdir Agapito Teixeira. O prazo fixado por Hage para conclusão da auditoria é 31 de agosto.

Hage também designou o corregedor da CGU para acompanhar os trabalhos da comissão de sindicância interna no ministério, instaurada pelo ex-ministro Alfredo Nascimento.

Segundo a CGU, a exoneração de Nascimento não altera em nada a necessidade da auditoria.

Nesta quarta-feira (6), Alfredo Nascimento não resistiu às acusações de superfaturamento de obras e recebimento de propina envolvendo servidores e órgãos ligados à pasta e pediu demissão do cargo de ministro de Transportes.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros