Sexta-Feira, 11 de Setembro de 2020, 15h:16

Tamanho do texto A - A+

Wellaton recua e anuncia que será vice-prefeito em chapa de Abílio

Por: THAYS AMORIM E WELLYNGTON SOUZA

O vereador Felipe Wellaton (Cidadania) recuou do seu projeto de pré-candidato a prefeito de Cuiabá e anunciou, na tarde desta sexta-feira (11), que participará da chapa como vice-prefeito de Abílio Júnior (Podemos). Os parlamentares fazem parte da oposição ao prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), que deve ir à reeleição em Cuiabá. 

Divulgação

welaton.png

 

LEIA MAIS: Wellaton lança pré-candidatura a prefeito de Cuiabá em formato drive-in 

Durante discurso, Wellaton destacou a atuação de Abílio durante os anos de mandato na Câmara dos Vereadores e aponta que a proposta de disputar pelo comando da prefeitura não é um projeto pessoal, mas sim de apresentar uma gestão para Cuiabá.

"É uma coerência do nosso mandato combatendo a máfia da saúde na Operação Sangria, do transporte coletivo, dos aluguéis fantasma e da educação. Não existe um projeto pessoal, mas sim existe um projeto para Cuiabá. Temos algumas diferenças, mas temos também semelhanças que nos aproximam, que é o amor e paixão por Cuiabá", disse em coletiva à imprensa.

Para Abílio, a alta rejeição do prefeito Emanuel Pinheiro aponta uma vantagem para a chapa.

“Wellaton tem perfil de administração pública, fez trabalho sempre na diminuição de gastos públicos. Queremos mudar a saúde e melhorar economia da prefeitura. Pesquisas apontam justamente isso, a população nos pede isso”, ressalta.

Em 2019, Abílio foi presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, que investigava um esquema de irregularidades na prestação de serviços médicos hospitalares. A investigação resultou na Operação Sangria, que levou a prisão do ex-secretário de Saúde do município, Huark Correia e outras cinco pessoas. 

Polêmico, Abílio foi cassado por quebra de decoro parlamentar no dia 7 de março, por 14 votos a 11, na sessão mais longa da história do parlamento municipal. A vaga foi ocupada brevemente pelo suplente Oséas Machado (PSC), quando a Justiça reverteu a cassação e determinou o retorno do vereador no dia 6 de maio.

LEIA MAIS: Juiz derruba cassação e determina volta de Abílio à Câmara de Cuiabá

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei



1 Comentários

Gilston - 12/09/2020

Abilio ou roberto frança ou mesmo o dorilídeo Leal o Fabio, todos vão entrar no jogo do toma lá da cá CORRUPÇÃO com os novos vereadores e empresas, se quiserem governar. NÃO ADIANTA FICAR AÍ MENTINDO PRO POVO DIZENDO SER DIFERENTE DO EMANUEL PINHEIRO. O nosso sistema politico no Brasil norteia todos no mesmo ruma da corrupção queira ou não. Então não será renovação nem na China a entrada do Abilio na prefeitura. nEM NA IGREJA DELE ELE TEM OS VOTOS JA QUE ESTÃO DIVIDIDOS POR LÁ.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA