Política Terça-feira, 05 de Julho de 2011, 17:55 - A | A

Terça-feira, 05 de Julho de 2011, 17h:55 - A | A

AGORA, VAI!

Vereadores de Cuiabá fazem apologia à honestidade de Luiz Pagot

Para parlamentares republicanos, diretor-geral do Dnit é inocente das denúncias feitas pela revista VEJA

HÉRICA TEIXEIRA
herica@hipernoticias.com.br

Câmara de Cuiabá
Vereador Tiago Nunes (PSDB) quer instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito no Senado

Vereadores republicanos em Cuiabá defenderam permanência de Luíz Antônio Pagot na direção-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O parlamentar Chico 2000 disse que o Partido da República (PR) tem em suas diretrizes o cumprimento da ética e, por isso, Pagot foi avalizado pelos republicanos para assumir o cargo.

 

 

 

A sessão ordinária desta terça-feira (5), na Câmara de Vereadores teve momentos de debate entre aliados e oposição. Chico 2000 disse que não desconfia da honestidade de Pagot. “Eu o tenho como homem íntegro, já provou sua honestidade para nós, agora vai provar para a sociedade”, disse.

O parlamentar continuou dizendo que é favorável que haja apuração das denúncias publicadas pela a revista VEJA. “Sou a favor de que a denúncia seja apurada, investigada e só depois os culpados serão punidos”, pontuou.

O vereador Misael Galvão (PR), também saiu na defesa do Pagot e acredita na inocência do diretor-geral do Dnit. “Ainda é prematuro falar em demissão do diretor”, apontou.

Já para a oposição, as denúncias são graves e tem que ser investigadas. O vereador Tiago Nunes (PSDB) fez duras críticas a Pagot e ao Partido da República.

Eu não espero nada do partido, quero que as denúncias sejam apuradas e investigadas. Eu espero algo do Ministério Público (MP), da Polícia Federal (PF) e não do partido” destacou.

Tiago ainda defende a implantação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar fatos. “Defendo que seja instalado a CPI (no Senado) para investigar todos os fatos relatados na denúncia. Todos os envolvidos deve satisfação para a sociedade”, argumentou.

Outros vereadores também fizeram declarações sobre a denúncia envolvendo Pagot e o Dnit. O vereador Leonardo de Oliveira (PSDB) defende afastamento de Pagot ao cargo de diretor-geral do Dnit. “A denúncia tem que ser investigada. As evidências de culpa do Pagot são fortíssimas. Se realmente for culpado, tem que pagar pelo erro. Também sou a favor do afastamento enquanto segue as investigações”, concluiu.

AGECOPA

O vereador Roosivelt Coelho (PSDB), fez requerimento à Agecopa para buscar informações sobre a escolha do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). O parlamentar argumentou que não houve consulta para escolher o modal e que algumas questões tem que ser apuradas.

Não foi estudado se com o VLT ainda haverá a garantia do vale transporte gratuito, o documento que encaminhei à Agecopa é para apurar esta garantia, já que houve falta total de planejamento”, afirmou.

Roosivelt também fez críticas ao governo do Estado por não ajudar o município na garantia do benefício. “O governo tinha que ajudar a pagar o transporte gratuíto, hoje a responsabilidade é só do município”, disse.

A entrega do documento aconteceu no início de maio e até agora a Agecopa não respondeu aos pedidos de esclarecimentos.



Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

André Lima 05/07/2011

Parabéns Vereador Roosevelt, com VLT ou BRT o passe livre tem que ser garantido aos Estudantes de Cuiabá e VG.

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros