Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020, 15h:30

Tamanho do texto A - A+

Presidente do DEM rebate senador e sai em defesa de secretário Mauro Carvalho

Por: WELLYNGTON SOUZA

O presidente regional do Democratas e ex-deputado federal, Fábio Garcia, rebateu às críticas feitas pelo senador Jayme Campos (DEM) e entrou em defesa do chefe da Casa Civil Mauro Carvalho.“Para mim ele é um homem sério, honesto e que merece todo o nosso respeito”.

Alan Cosme/HiperNoticias

fabio garcia

 

Nesta segunda-feira (10), Campos disse que Mauro teria muito que aprender sobre política e que nessa área ele seria ‘infantojuvenil’. A crítica do cacique democrata veio após o chefe da Casa Civil afirmar que tinha receio do governador Mauro Mendes e o DEM ficarem isolados ao lançar um candidato da sigla à eleição suplementar ao Senado sem comum acordo com os outros partidos que compõe a base.

“Muita gente de fora do DEM deu opinião no que o partido deve fazer, em especial quando se trata da Prefeitura de Cuiabá. Muitas pessoas dizendo que o DEM não deve ter candidatura própria e ninguém do DEM nunca se manifestou com relação a essas colocações. A Janaina Riva já falou, o Emanuel Pinheiro já falou e outras lideranças políticas já falaram. E qual foi a reação do partido?”, esclareceu Garcia em entrevista ao HNT/Hipernotícias, nesta terça-feira (11).

“Eu acho que o Mauro Carvalho é uma grande revelação na política de Mato Grosso. Eu acredito que ele esteja desempenhando com maestria o cargo de chefe da Casa Civil. Ele tem demonstrado habilidade, capacidade de diálogo e para mim ele tem sido fundamental nessa relação entre o Executivo e os outros Poderes”, completou.

Ainda conforme Garcia, Mauro seria um nome forte para disputar qualquer pleito, entre eles a Prefeitura de Cuiabá.

“Há muito tempo já o convidei para se filiar ao DEM. Eu gostaria muito que ele viesse para o partido para que pudéssemos contar com a competência e a habilidade dele", destacou.

“Vou voltar a fazer o convite. Ele é uma nova liderança política, uma revelação, que vale a pena ter no quadro do DEM”. 

Vaga no Senado

Fábio Garcia também comentou sobre a eleição suplementar ao Senado, que foi marcada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), para o dia 26 de abril.

“Existe um imbróglio institucional que precisa ser resolvido, que é a conclusão do processo de afastamento da senadora cassada para que de fato tenha eleição em Mato Grosso. E em cima disso, foi a decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, para que Fávaro como terceiro colocado, assuma a cadeira, porém ele não foi diplomado pelo TRE. Como é algo novo, existem muitas dúvidas nesse processo. O melhor é esperar para que tudo se esclareça”, disse.

O partido abriu um calendário interno para que todos os filiados possam se manifestar com interesse em entrar na disputa. O ex-senador Júlio Campos já confirmou sua pré-candidatura para o pleito.

Conforme Garcia, os filiados terão até o dia 14 de fevereiro para se inscrever e no dia 17 a Executiva definirá o nome.

"Obviamente o Júlio tem todo o direito do mundo de se manifestar como pré-candidato do DEM. O DEM abriu um processo interno para possibilitar a todos os filiados de participar da eleição. O partido no dia 17 decidirá o caminho que irá seguir. Ninguém decide sozinho. A Executiva irá definir se terá candidato ou não, se Júlio será o candidato ou não. Se ele quiser ser o candidato, acredito que a Executiva deverá possibilitar essa candidatura se não tiver outro nome", finalizou.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 2



1 Comentários

José C.Freitas - 11/02/2020

Mauro Carvalho não só é realmente um "Infanto Juvenil " na politica de MT, como tambem é um estranho no ninho Dentro do DEM de Cuiabá e de Mato Grosso, pois nunca vi esse sujeito a participar de nhenhuma campanha politica nos seios do nosso Partido. Ele apareceu agora sr, Dr.Fabio Garcia, como Vice Rey do Paiagás, trazido pelo Mauro Mendes. Se ele filiar ao DEM terá que sentar no Banco de traz ,pois as principais cadeiras já estão ocupadas com os pioneiros.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA