Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 15h:51

Tamanho do texto A - A+

MT registra crescimento de 12,1% do PIB, segundo dados anuais do IBGE

Por: DA REDAÇÃO

Assessoria/Secommt

Experimento

Foram divulgados na manhã desta quinta-feira (14), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os resultados do PIB dos Estados brasileiros, referentes ao ano de 2017.

O resultado anual revela a aderência com o sistema de contas trimestrais calculados pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), o PIB Trimestral de Mato Grosso.

Conforme o IBGE, Mato Grosso obteve a taxa de crescimento real de 12,1%, a maior de todas as variações em volume entre as unidades da Federação no período.

O resultado foi impulsionado, principalmente, pela agropecuária, em especial pela agricultura nos cultivos de soja, milho e algodão.

Em abril deste ano, a Seplag divulgou no informe técnico PIB Trimestral – 4° trimestre de 2018 – a mesma taxa de crescimento (12,1%) na economia de Mato Grosso, antecipando o resultado apurado pelo Sistema nacional de Contas Regionais. O documento técnico está disponível para consulta no site da Secretaria.

“A aderência técnica do PIB Tri de Mato Grosso, antecipadamente divulgado pela equipe da Seplag, demonstra a importância e a confiabilidade do trabalho técnico realizado”, comentou o secretário adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas da Seplag, Anildo Correa.

Mato Grosso é o nono Estado, além da própria União, que apresenta resultados mais imediatos da evolução da sua estrutura produtiva ao mensurar trimestramente a soma de todos os bens e serviços produzidos. O indicador antecipa a tendência do principal índice da economia a partir das mesmas fontes de dados e metodologia empregada pelo IBGE, responsável pelo cálculo oficial das Contas Nacionais.  

O Sistema de Contas Regionais do IBGE fornece estimativas do PIB de cada Estado brasileiro e é divulgado com uma defasagem de tempo de dois anos.  Com o objetivo de conhecer a dinâmica econômica com menor defasagem e periodicidade similar ao PIB trimestral do Brasil, o Governo do Estado começou em 2016 o trabalho para estimar o PIB Trimestral de Mato Grosso.

“A estimativa da economia mato-grossense foi construída a partir de dados disponíveis à época, considerados preliminares. Esses dados passam por um processo natural de ajuste e consolidação no decorrer dos dois anos do processo de trabalho para a construção da estimativa do PIB oficial das contas regionais do Brasil”, explicou o servidor público e economista da Seplag, Breno Antunes.  

“A principal característica dos sistemas de contas trimestrais é serem utilizados como indicadores de curto prazo do comportamento da economia”, acrescentou.

“Naturalmente o sistema do PIB Trimestral caminha para a convergência à medida que os resultados das pesquisas da atividade econômica forem se consolidando”, reforçou o gestor governamental e também integrante da equipe de contas regionais da Seplag, Eduardo Matsubara.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



Últimas Notícias