Terça-feira, 16 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

Política Terça-feira, 02 de Agosto de 2022, 16:14 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 02 de Agosto de 2022, 16h:14 - A | A

ENCONTRO NESTA QUARTA

Depois de romper com Neri, Mauro reitera apoio a Bolsonaro no Alvorada

Reunião com o presidente da República seria o motivo pelo qual o governador antecipou sua decisão e deixar Geller

Da Redação

Depois do rompimento com Neri Geller (PP), o governador Mauro Mendes (UB) deve selar, definitivamente, seu alinhamento com o PL durante encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta quarta-feira (3). A expectativa, contudo, é de que Mendes ainda tente uma conjuntura que possa acomodar o PSB e o MDB, que são contra a ideia de um 'palanque fechado' ao Senado. 

O encontro com o presidente da República seria o motivo pelo qual o governador antecipou sua decisão e comunicou o pré-candidato ao Senado, Neri Geller (PP), que não abrirá o palanque para sua candidatura. Na última semana, lideranças bolsonaristas alertaram sobre o descontentamento do presidente com relação a um palanque com Geller, que caminha junto à Federação PT, PCdoB e PV. 

Outros partidos que aguardam a oficialização de um palanque aberto, no entanto, não foram notificados, como o PSB e o MDB. Por isso, nos bastidores, ainda se especula que o governador possa abrir o palanque para a candidata ao Senado, Natasha Slhessarenko (PSB). 

Em Brasília, o governador deve aproveitar a agenda com Bolsonaro para reiterar seu apoio à sua reeleição. Segundo Wellington Fagundes, esse também é o principal objetivo das demais lideranças que comparecerão ao encontro.

“Vamos aproveitar para debater os caminhos de Mato Grosso, alinhar discursos e reforçar o projeto de reeleição de Bolsonaro e seus candidatos no Estado”, declarou o senador Wellington Fagundes.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros