Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019, 15h:13

Tamanho do texto A - A+

Suspeito de matar onças se apresenta à polícia, presta depoimento e é liberado

Por: KHAYO RIBEIRO

Um homem identificado como D.S.M., que é suspeito de ter matado três onças-pintadas na cidade de Cocalinho (923 km de Cuiabá), se apresentou à Polícia Judiciária Civil na quinta-feira (21).

eed39862404fce2b77e89ae6f5c1f7a9 (1) (1).png

 Registro do vídeo em que as três onças aparecem mortas

Na unidade policial, o homem prestou depoimento junto ao seu advogado e, posteriormente, foi liberado.

Conforme informações da polícia, o suspeito foi interrogado pelo delegado Valmon Pereira da Silva, mas se manteve em silêncio. A liberação de D.S.M, se deu por conta de não haver nenhum mandado de prisão expedido contra ele.

O procedimento será encaminhado para a Polícia Federal em Barra do Garças, pois se trata de investigação de crime ambiental contra animal silvestre em risco de extinção, conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal.

A Polícia Civil informa que dará apoio à Polícia Federal nas ações que se fizerem necessárias à investigação.

Entenda o caso

A Polícia Judiciária Civil localizou na quarta-feira (13) a propriedade rural, no município de Cocalinho (923 km a Leste de Cuiabá), em que foi realizada a matança de três onças-pintadas, cujas imagens dos animais mortos foram divulgadas em diferentes redes sociais.

A propriedade rural é de difícil acesso e fica a aproximadamente 150 quilômetros da região central de Cocalinho. No local, a equipe da Polícia Civil encontrou a caminhonete que aparece no vídeo, confirmando se tratar da propriedade onde ocorreu o crime ambiental.

Os policiais foram recebidos por um caseiro que teria chego à fazendo a pedido do proprietário, que alegou que o imóvel estava vazio. Quando questionado, o funcionário disse que ficou sabendo do vídeo em que as onças aparecem mortas somente depois que chegou à propriedade.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei