Quinta-feira, 18 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,48
euro R$ 6,00
libra R$ 6,00

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,48
euro R$ 6,00
libra R$ 6,00

Polícia Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 16:40 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 16h:40 - A | A

DURANTE AÇÃO POLICIAL

Músico diz que foi agredido com murro na cabeça e enforcado por PM à paisana

Foi relatado ao HNT que o policial invadiu a casa para capturar um traficante que havia pulado o muro da residência

THIAGO STOFEL
Da Redação

O músico Lourival Valério de Farias, de 60 anos, que teve a residência invadida por um policial militar durante uma ação que pretendia prender um traficante na região do Jardim Cuiabá, na Capital, disse para o HNT que foi enforcado e levou um murro na cabeça do agente. O fato aconteceu na última quarta-feira (14) e foi filmado.

LEIA MAIS: Suposto policial civil invade casa e espanca músico em Cuiabá; veja vídeo

A vítima contou que não fazia ideia de qualquer tipo de ação policial e, ao notar um homem entrando em sua casa, só fez o que qualquer um em seu lugar faria. 

"Eu estava sentado no meu sofá descansando, quando eu ouvi um barulho no portão de casa. Quando eu fui ver o que estava acontecendo, eu já encontrei o PM dentro da minha casa. Eu fui para cima dele, porque achei que era um bandido. Ele não estava fardado, eu não sabia que ele era policial e, inicialmente, ele não se identificou. Ele ainda me deu soco, me empurrou, enforcou. Ele é um cara forte, até minhas sobrinhas se machucaram", disse.  

Lourival contou que ficou bastante ferido com as agressões e que vai buscar seu direito como cidadão, denunciando o policial militar para o Ministério Público e para Corregedoria da PM.

Um relato recebido pelo HNT dá conta de que confusão se deu durante uma ação da Polícia Militar que tinha como objetivo a identificação de atividades suspeitas relatadas pela Inteligência da PM, que buscava a abordagem de criminosos envolvidos com o tráfico de drogas. A ação acabou com a apreensão de uma grande quantidade de entorpecentes. 

LEIA MAIS: PM envolvido em confusão buscava prender traficante que fugiu de abordagem

Segundo informações, no momento da abordagem na residência do músico, um criminoso conhecido como “Juninho Play”, responsável por abastecer a boca de fumo local, conseguiu fugir pelos fundos da casa, chegando a entrar no imóvel de um vizinho.  

Os policiais militares perseguiram o suspeito. Um PM que estava em serviço, porém, à paisana, acompanhou o suspeito e deu voz de prisão, identificando-se em seguida como um policial militar.  

Nesse momento, o morador da casa, Lourival Vlaério, interveio na situação, mesmo estando totalmente alheio a ela, e foi para cima do policial, que ainda tentou se desvencilhar do homem para alcançar o suspeito, mas acabou sendo atrapalhado. Dessa forma, o criminoso Juninho voltou a pular o muro da casa e fugir. Desde então, ele não foi mais visto.  

Uma investigação interna já foi instaurada para averiguar se algum ato do policial em questão, ou outro, tenha sido realizada contra as normas da instituição. Segue a nota da PM. 

"A Polícia Militar de Mato Grosso informa que determinou abertura de procedimento administrativo para apuração da conduta dos policiais militares e reforça que não coaduna com nenhum tipo de violência e abuso de autoridade".

O caso segue sob investigação.  

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros