Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 09h:30

Tamanho do texto A - A+

Morte de dentista é lamentada por prefeito; criminosos em fuga podem ter causado acidente

Por: DA REDAÇÃO

Reprodução

Cleodson Alves Figueiredo Filho

Cleodson Alves Figueiredo Filho

A morte do dentista Cleodson Alves Figueiredo Filho, de 31 anos, foi lamentada pelo prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

A vítima era filho da professora de Educação Física e servidora da Secretaria Municipal de Educação, Marlene Alves Melo Zanelato e enteado do também professor, atualmente trabalhando no Conselho Municipal de Educação, Sergio Luiz Sales Zanelato.

Cleodson, morreu na manhã desta segunda-feira (9) após se envolver em um acidente na MT-060, em Poconé (a 103 km de Cuiabá), quando colidiu com outro veículo, na região do ‘Mata Cavalo’, em Nossa Senhora do Livramento.

Emanuel Pinheiro e o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, lamentam o falecimento e a partida prematura do dentista. Eles desejou força à família enlutada. “Peço a Deus muita luz para essa mãe, e serenidade para confortar o coração de toda a família e amigos”, disse.  

O secretário de Educação, Alex Vieira Passos, disse que a tragédia abalou os servidores. “Estamos todos em oração pela nossa colega e sua família”. 

O corpo está sendo encaminhado para o Instituto Médico Legal. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

O ACIDENTE

Segundo o boletim de ocorrência, a colisão envolveu dois veículos - um Hyundai HB20 e um Renault Oroch. Os dois carros capotaram e acabaram parando às margens da rodovia.

Cleodson, que dirigia o HB20, foi arremessado para fora do veículo e morreu ainda no local do acidente.

Durante a ocorrência, os policiais acabaram descobrindo que havia uma queixa de roubo ou furto do Renault Oroch.

Há suspeitas de que os ocupantes do Oroch fugiram do local do acidente roubando um Fiat Uno do Conselho Tutelar cujo motorista parou para ajudar as vítimas.

A denúncia foi feita por um homem, identificado pelas iniciais R.S.F., que disse que o carro do conselho foi roubado por três homens.

Ele relatou que estava trafegando pela MT-060, na região do Quilombo Mata Cavalo, quando se deparou com o acidente e desceu para ajudar.

Assim que saiu do carro, o homem foi surpreendido pelos criminosos, que saíram do matagal em que os veículos estavam capotados.

Em seguida, eles pegaram o veículo do Conselho Tutelar e fugiram em direção a Nossa Senhora do Livramento (a 38 km de Cuiabá).

Até o momento nenhum dos suspeitos foi encontrado.

A Polícia Civil segue apurando as informações.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei