Terça-Feira, 07 de Novembro de 2017, 12h:03

Tamanho do texto A - A+

Bandido invade loja, se passa por cliente e obriga funcionária a fazer sexo oral

Por: LUIS VINICIUS

Um homem se passou como cliente e acabou estuprando uma jovem de 19 anos, funcionária de uma loja, na manhã de segunda-feira (6), no bairro Jardim das Palmeiras, em Cuiabá. O crime aconteceu dentro do estabelecimento e o criminoso, que estava armado, obrigou a mulher a fazer sexo oral nele. 

 

Márcia Foletto

menina estuprada

 

O caso aconteceu por volta das 10 horas, quando a vítima estava sozinha na loja. De acordo com o boletim de ocorrências, o homem pediu que a mulher buscasse uma peça de roupa. 

 

De pois de olhar a roupa e saber o preço o agressor saiu da loja e retornou pouco tempo depois. Dessa vez ele já estava pronto para cometer o crime. 

 

Armado com um revólver, o homem anunciou um assalto. Em seguida, colocou a jovem dentro de um banheiro e exigiu que ela entregasse todo dinheiro do caixa. 

 

Após a vítima negar, o criminoso a rendeu e ligou para outra pessoa dizendo que a proprietária da loja não estava no local. Em seguida, obrigou a funcionária a tirar a roupa e começou a passar a mão nas suas genitálias. Logo depois, obrigou a jovem a fazer sexo oral nele.

 

A vítima disse aos policiais que a todo momento, o agressor a ameaçava de morte. Ele revirou toda a loja e roubou uma bolsa com um valor de R$ 220, um cartão transporte e um celular. Depois disso, o bandido fugiu e não foi identificado. 

 

Nervosa e abalada pelo acontecido, a vítima foi até a delegacia para relatar o crime. A Polícia Militar chegou a fazer rondas pela região, mas até a publicação da matéria ninguém foi preso.

 

O caso será investigado pela Delegacia Especializada dos Direitos da Mulher da Polícia Civil. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 2

Leia mais sobre este assunto