Sexta-Feira, 09 de Agosto de 2019, 15h:35

Tamanho do texto A - A+

Creci na delegacia

CRECI/MT


Uma fiscalização do Creci (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis) na tarde desta sexta-feira (9) na empresa do vice-presidente da entidade, Claudecir Roque Contreira, pode acabar por revelar um escândalo de maior dimensão. O que seria uma fiscalização rotineira de exercício ilegal da profissão contra Contreira acabou virando uma denúncia deste contra o presidente do Creci,  Benedito Odário Conceição e Silva, por conluio para um contrato ilegal com o ex-MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, para exploração de um aplicativo de corretagem de imóveis chamado Toc Toc. Contreira revela, ainda, que Benedito é suspeito de vender diplomas em sua faculdade. Claudecir Contreiras, um jovem que estava na sua imobiliária e não tem registro no Creci (que ele alega ser apenas amigo de seu filho) foram parar na delegacia, conduzidos por cinco policiais civis e militares.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 1



3 Comentários

Edivaldo - 11/08/2019

Ainda vai feder chifre de diabo essa briga de Caciques, as coisas não andam bem lá no CRECI ,com essa denuncia o páu vai quebrar e corre risco de ter prisão nesse embrolio,.Votê....

Critico - 10/08/2019

Boi de piranhas.

Jurema Lima - 09/08/2019

Esse Yuri não foi coordenador de campanha da Juíza Selma?

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA