Mundo Sexta-feira, 17 de Junho de 2011, 09:12 - A | A

Sexta-feira, 17 de Junho de 2011, 09h:12 - A | A

Várias explosões atigem capital da Líbia; não há informações sobre vítimas

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Várias explosões atingiram nesta sexta-feira o centro de Trípoli, capital da Líbia e bastião do regime do ditador Muammar Gaddafi.

Duas explosões foram ouvidas às 12h15 (7h15 de Brasília), seguidas de outra mais potente minutos mais tarde. Outras explosões foram ouvidas durante a manhã, segundo um jornalista da agência de notícias France Presse.

Uma testemunha disse à agência de notícias Reuters que ouviu ao menos seis fortes explosões no sudeste de Trípoli. As explosões deixaram colunas de fumaça subindo pelo céu da capital.

Carros de bombeiros corriam pelas ruas da capital, com as sirenes ligadas. Não está claro quais foram os alvos e se há vítimas. Sexta-feira é o principal dia de descanso na Líbia, com muitas pessoas de folga do trabalho.

France Presse
Fumaça sobe em um dos locais atingidos por explosões na manhã desta sexta-feira em Trípoli

A televisão estatal líbia relatou mais cedo que aviões da coalizão internacional liderada pela Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) atingiram alvos no distrito de Ain Zara. A TV não deu mais detalhes e não há confirmação se as explosões em Trípoli estão relacionadas.

Os aviões de combate da Otan sobrevoam sem interrupção desde a noite de quinta-feira a capital líbia, alvo de ataques quase diários da aliança em um esforço para derrotar de vez as forças de Gaddafi.

Apesar da maior parte dos ataques ocorrer sobre a proteção da noite, os ataques durante o dia estão cada vez mais frequentes.

A Otan assumiu a ofensiva contra a Líbia em 31 de março, sob resolução da ONU que visa a proteger os civis líbios.

O que começou como protestos pacíficos contra o regime de mais de 40 anos de Gaddafi, se transformou em uma guerra civil. Os confrontos entre rebeldes e forças de Gaddafi teriam deixado mais de 15 mil mortos em quatro meses e está atualmente em um impasse --os rebeldes controlam o leste e Gaddafi, o oeste.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros