Mundo Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011, 18:02 - A | A

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011, 18h:02 - A | A

FALHA

Pentágono perde controle de Falcon, o avião mais rápido já construído

Aeronave podia chegar a velocidades 20 vezes maiores à do som, ir a qualquer parte do mundo em menos de uma hora e suportar temperaturas de quase 2.000ºC

DA EFE

Depois do lançamento experimental do Falcon HTV-2, o avião mais rápido já construído, o Pentágono perdeu o controle da aeronave na fase de voo que, segundo os dados iniciais, afundou no oceano Pacífico.

O Falcon HTV-2, lançado ao espaço impulsionado por um foguete da base aérea de Vanderberg (Califórnia) conseguiu colher mais de nove minutos de dados até que uma anomalia provocou a perda de sinal, informou nesta quinta-feira a Darpa (Agência de Pesquisa de Projetos Avançados de Defesa dos EUA).

Segundo um comunicado da agência, dados preliminares indicam que o avião caiu no Pacífico em algum ponto de seu percurso planejado.

A Darpa transmitiu nesta quinta-feira pelo Twitter o segundo e último teste do Falcon HTV-2, que podia chegar a velocidades 20 vezes maiores à do som.

Darpa/Reuters

Falcon HTV-2, o avião mais rápido já construído; Pentágono lança protótipo mas a aeronave cai no Pacífico

A aeronave foi submetida a outro teste em abril do ano passado, mas a missão teve de ser abortada nove minutos depois da decolagem, ao se detectar uma anomalia técnica durante o lançamento. Após esta tentativa frustrada, os engenheiros modificaram o desenho e os padrões de voo do HTV-2.

A missão voltou a fracassar nesta quinta-feira e o Pentágono segue sem saber "como conseguir o controle desejado durante a fase aerodinâmica do voo". "É desconcertante. Mas acreditamos que haja uma solução, temos de encontrá-la", disse o Departamento de Defesa americano.

Para isso, a Darpa reuniu um grupo de especialistas que analisarão durante as próximas semanas os dados recolhidos nesta quinta-feira pelo Falcon HTV-2.

O avião foi elaborado em 2003, como resultado de um projeto do Pentágono para criar uma aeronave que pudesse chegar a qualquer parte do mundo em menos de uma hora e suportar temperaturas de quase 2.000 0C.

Os dois testes do Falcon HTV-2 tiveram custo total de US$ 308 milhões, segundo dados da própria Darpa.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros