Mundo Sábado, 16 de Abril de 2011, 16:51 - A | A

Sábado, 16 de Abril de 2011, 16h:51 - A | A

Atentado suicida deixa 9 mortos no Afeganistão

Terrorista teria trabalhado na base durante o ano passado e detonou a carga que levava durante uma reunião entre as tropas afegãs e internacionais

da EFE

Pelo menos nove soldados das forças internacionais e do Exército afegão morreram neste sábado em um atentado suicida em uma base militar na província de Laghman, no leste do Afeganistão, informaram fontes militares à Agência Efe.

O ataque, na base de Gamberi, causou a morte de cinco membros da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, na sigla em inglês), disse à Efe um porta-voz deste organismo multilateral, que evitou precisar as nacionalidades das vítimas, uma prerrogativa que corresponde a cada país.

Além dos quatro soldados afegãos que também morreram, outros oito militares ficaram feridos, explicou o porta-voz do Exército afegão na região oriental do país, Mohammed Noman Atifi.

"Os membros das forças internacionais e do Exército afegão estavam reunidos" no momento do ataque, acrescentou a fonte da Isaf.

Parwiz/Reuters
Soldado protege área onde ocorreu um atentado suicida na cidade de Laghman

O movimento taleban, por sua vez, indicou um número maior de vítimas.

"Um suicida detonou seus explosivos em uma base militar no distrito de Qarghai matando 12 membros das forças estrangeiras e 14 das forças afegãs", declarou à Efe um porta-voz insurgente, Zabihullah Mujahid.

De acordo com esta versão, o terrorista, identificado como Abdul Gahani, trabalhou nessa base durante o ano passado e detonou a carga que levava durante uma reunião entre as tropas afegãs e internacionais.

Na sexta-feira, o chefe da polícia na conflituosa província afegã de Kandahar, Khan Muhamad Mujahid, e outros dois membros das forças de segurança morreram em outro atentado suicida.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros