HiperNotícias - Você bem informado

Sábado, 19 de Novembro de 2011, 15h:00

PSD dá apoio a Zaeli e trabalha para ‘apagar’ imagem de Murilo

Cúpula e demais integrantes do novo partido comparecem em massa para dar solidariedade ao prefeito de Várzea Grande

NOELMA OLIVEIRA

 

Assessoria

Articulador, presidente da AL, José Riva, comandou a "tropa de choque" para dar força à nova gestão em Várzea Grande

 

Desvincular a imagem do prefeito de Várzea Grande, Sebastião Gonçalves, o Tião da Zaeli (PSD), a do anterior, Murilo Domingos (PR), é um dos objetivos da sigla para fortalecer o projeto de reeleição no segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso. O tom do discurso foi revelado no encontro do partido, neste sábado.

Principal liderança do PSD, também conhecido pelo seu poder político e de articulação, o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, saiu em defesa do correligionário. A demonstração que a sigla aposta no projeto de reeleição de Tião foi o principal objetivo do partido, que contou com a presença de deputados estaduais e federais.

O ato parecia uma convenção partidária diante da organização, centenas de militantes e um discurso padronizado. Os deputados federais do PSD Eliene Lima e Homero Pereira participaram do encontro.

Riva defendeu um pacto para reerguer Várzea Grande. “A união da classe política é imprescindível”, conclamou Riva, deixando claro que o prefeito da cidade do PSD só assumiu recentemente o cargo. O parlamentar disse que as dificuldades de ordem administrativa e financeira estão sendo tratadas com prioridade por Tião. Segundo ele, é possível observar a presença do Poder Executivo no município.

“Já sentimos a presença do prefeito na cidade e isso é muito importante”, opinou o parlamentar. Ele disse que o PSD tem uma base forte representando um caminho para ganhar a reeleição. Também citou que é possível fazer alianças e reforçou que sigla está aberta as composições sem vetar qualquer partido.

SAÚDE CAÓTICA

O município tem como um dos principais problemas a questão do atendimento à saúde pública. Riva defendeu investimentos do Estado nesse setor. Ele é um dos críticos da estadualização do pronto-socorro, contrariando o posicionamento da gestão Silval Barbosa (PMDB), que busca passar para o Estado estas unidades de saúde de Cuiabá e Várzea Grande.