HiperNotícias - Você bem informado

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011, 15h:02

Abraço de afogado

Edison Rodrigues/Secopa

Deputados hipotecam apoio ao secretário da Secopa: inversão de valores pode custar caro aos políticos!

 

Diz a lenda que não se deve tentar salvar uma pessoa que está se afogando, se não possuir habilidades específicas para tal, por exemplo, técnicas de socorro em afogamento. Pela simples razão de que o afogado encontra-se em estado pleno de desespero e, portanto, vai se agarrar a qualquer coisa que estiver ao alcance de suas mãos. Logo, há um grande risco do afogado abraçar quem tenta socorrê-lo, e ambos acabam afundando, se afogando. Dessa experiência nasceu o provérbio português "sucumbir ao abraço de afogado", que significa que, em determinadas situações, quem não tem as habilidades exigidas não deve tentar salvar um afogado em desespero, para não morrer junto. A pergunta é: os deputados da foto ao lado, especialmente Sérgio Ricardo, conhecem o provérbio?