HiperNotícias - Você bem informado

Quinta-feira, 28 de Julho de 2011, 10h:28

Sérgio Ricardo vai responder denúncia-crime por falsificação de documentos

O deputado solicitou que ação tramitasse em segredo de justiça, mas o pedido não foi aceito

DA REDAÇÃO

Assembleia Legislativa
Deputado estadual sérgio Ricardo pediu segredo de justiça, mas não foi atendido

Por maioria de votos, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) recebeu denúncia-crime contra o deputado estadual Sérgio Ricardo de Almeida (PR) e Dariosil Luiz Mrozrowski, por falsificação de seis recibos eleitorais apresentados na prestação de contas relativa ao pleito de 2006.

O relator entendeu que não havia elementos mínimos para receber a denúncia quanto ao então candidato Sérgio Ricardo, que alegou ter assinado os recibos em branco. Em relação a Dariosil Luiz, responsável pelo comitê financeiro da campanha, houve confissão do crime.

A sessão que julgou a ação aconteceu na última quinta-feira (21) e foi concluído nesta terça-feira (26). O voto divergente foi aberto na última sessão (terça-feira), pelo desembargador José Ferreira Leite, que concluiu haver indícios suficientes para ensejar a abertura de um processo. Para o desembargador, o momento de decidir se os acusados são culpados ou inocentes é no julgamento da ação penal.

Na quinta-feira, o juiz Jeferson Schneider pediu vista do processo, apresentando voto vista pela abertura da ação penal na sessão desta terça-feira, 26 de julho, no que foi seguido pelos demais membros da Corte Eleitoral, Sebastião de Arruda Almeida e Jones Gattass Dias.

Sérgio Ricardo, que é deputado e possível candidato para concorrer para a Prefeitura de Cuiabá em 2012, solicitou que ação tramitasse em segredo de justiça, mas o pedido foi negado.

IRREGULARIDADES

A falsificação dos recibos eleitorais foi detectada pela Coordenadoria de Controle Interno e Auditoria do Tribunal Regional Eleitoral.

Ao realizar diligências, a Coordenadoria foi informada, pelos supostos doadores de campanha (cujos nomes constavam nos recibos) que eles não haviam efetuado doações para a campanha do candidato Sérgio

A documentação foi remetida então à Polícia Federal, que deu início às investigações que culminaram na denúncia ofertada pelo Ministério Público Eleitoral, por falsificação de seis recibos eleitorais.

A informação é de que o deputado estadual e possível candidato para concorrer para a prefeitura em 2012, Sérgio Ricardo, solicitou que ação tramitasse em segredo de justiça, mas o pedido foi negado.

OUTRO LADO

O deputado Sérgio Ricardo foi procurado para dar explicações sobre o caso, mas não atendeu às ligações.