HiperNotícias - Você bem informado

Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, 17h:33

Abílio aceita lançar candidatura à Câmara com contrapartida do apoio de Bolsonaro

Com a ajuda do presidente, Abílio recuou da disputa à AL e vai disputar uma vaga em Brasília

RAYNNA NICOLAS
Da Redação

Reprodução/Instagram

O candidato derrotado à prefeitura de Cuiabá Abílio Brunini (PL) cedeu à pressão de seus correligionários e declinou da disputa à Assembleia Legislativa. Nesta sexta-feira (5), Abílio participou de um encontro de última hora com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), e oficializou seu nome ao pleito para deputado federal. Segundo fontes do HNT, o compromisso é de que Bolsonaro participe pessoalmente da campanha de Abílio. 

"Após uma conversa com o presidente Bolsonaro, confirmamos nossa pré-candidatura à deputado federal pelo PL", resumiu o ex-vereador da Capital em sua conta no Instagram. 

As fontes do HNT, por outro lado, revelaram que a decisão não foi tão simples e teve uma contrapartida de peso: o apoio público de Bolsonaro à candidatura de Abílio à Câmara dos Deputados, registrada em vídeo.

Ainda segundo as fontes do site, tudo foi intermediado pelo deputado federal e braço direito de Bolsonaro, José Medeiros (PL), que conseguiu embarcar Abílio durante a madrugada desta sexta, depois que os deputados estaduais Delegado Claudinei, Elizeu Nascimento e Gilberto Cattani insistiram na rejeição do nome do ex-vereador para a chapa à AL. 

No entendimento dos parlamentares que concorrerão à reeleição, o nome de Abílio é 'forte demais' e pode prejudicar seus projetos políticos pessoais. Com isso, e com a ajuda de Bolsonaro, Brunini cedeu e vai disputar uma vaga em Brasília, concorrendo, inclusive, contra seu candidato a vice-prefeito à época que concorreu o Alencastro, Felipe Wellaton (Republicanos).