HiperNotícias - Você bem informado

Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, 16h:26

Maria Aparecida Fago é empossada como desembargadora do TJMT

Corte mato-grossense completa quadro com 10 mulheres e 20 homens

CLARYSSA AMORIM
Da Redação

A magistrada Maria Aparecida Ferreira Fago tomou posse como desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), completando o quadro de 10 mulheres no órgão. Outros 20 são homens. A sessão solene aconteceu na manhã desta sexta-feira (5), no plenário do Palácio da Justiça, em Cuiabá.  

“A caminhada foi longa já que tenho mais de 42 anos de serviço público sendo 30 anos, seis meses e quatro dias na magistratura deste glorioso Estado de Mato Grosso, onde ingressei em janeiro de 1998. [...] que eu possa honrar a confiança em mim depositada, contando sempre com ajuda e proteção divina para busca de um mundo melhor e mais justo. Nós magistrados temos por missão de dever de ofício, buscarmos a prestação da justiça e consequentemente a paz social”, disparou em seu discurso.  

Maria Aparecida Ferreira Fago foi promovida para desembargadora por unanimidade no dia 28 de julho. A juíza foi escolhida pelos 29 desembargadores que compõem o Pleno.  

Ela foi escolhida pelo critério de antiguidade e a data de ingresso na magistratura. Outros quatros juízes haviam se inscrito, são eles: Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, Sebastião de Arruda Almeida, Vandymara Galvão Ramos Paiva Zanolo e Abel Balbino Guimarães.  

Reprodução

Maria Aparecida Fago

 

A presidente do TJ, desembargadora Maria Helena Póvoas, deu as boas-vindas a nova desembargadora. Para Póvoas, Fago chega em um momento importante na Corte, pois está ajudando a ampliar o número de mulheres.  

“Todos nós sabemos o quanto as mulheres tiveram dificuldades para adentrar na magistratura. Depois de muito tempo foi comprovada e provada a sua aptidão para a magistratura e elas começaram a furar um bloqueio estabelecido e mostrar que tinha muita competência, muita aptidão para a magistratura. Hoje a prova maior está aqui. Nós temos 10 mulheres no colegiado de 30 e quiçá possamos ampliar e ser a metade deste colegiado”, avaliou.  

A cerimônia contou com a presença de representantes de entidades como OAB e Defensoria Pública, magistrados (as), servidores (as), além dos familiares de Fago. Autoridades e membros da Corte que não puderam estar presentes, acompanharam a solenidade online.