HiperNotícias - Você bem informado

Quarta-feira, 22 de Junho de 2022, 19h:54

Cattani garante desconhecimento de Bolsonaro sobre esquema que culminou na prisão de ex-ministro

Cattani defendeu ainda o prosseguimento das investigações e sanções a Milton Ribeiro

RAYNNA NICOLAS E ALEXANDRA LOPES
Da Redação/Do Local

Divulgação

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL) saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PL) depois de operação que resultou na prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, nesta quarta-feira (22). Ainda que as investigações apontem que o ex-titular do MEC estivesse cumprindo ordens de Bolsonaro ao direcionar repasses a pastores, o parlamentar de Mato Grosso garantiu ser “óbvio” o desconhecimento do presidente sobre o esquema.

“O presidente tem centenas de secretários, como ele vai ser responsável pelo que o outro faz? Ele, mais do que rapidamente, fez o que devia ser feito. Ele tirou o ministro e agora está dando todo apoio da Polícia Federal”, declarou Cattani à imprensa.

Relembrado de que os documentos apontam para o envolvimento de Bolsonaro, que estaria comandando as ações de Milton Ribeiro, o parlamentar insistiu que o presidente não tinha conhecimento dos fatos.

“A conversa é essa. Você pode conversar o que quiser, mas a realidade pode ser diferente. Está nos autos, mas os autos são papéis e você pode escrever o que quiser”, disparou.

Cattani defendeu ainda o prosseguimento das investigações e sanções a Milton Ribeiro, caso ele seja considerado culpado das acusações que incluem corrupção e tráfico de influência.

“A questão é que se o Milton cometeu alguma irregularidade, ele tem que pagar. Nossa visão de direita é essa e não como como nos governos passados, quando você tentava fazer o cara ministro para encobrir os crimes dele. Pelo contrário, se qualquer pessoa dentro do governo estiver cometendo irregularidades, eu, pelo menos, quero que, se ele for culpado, pague o preço”, comentou.