Cidades Quarta-feira, 06 de Julho de 2011, 14:00 - A | A

Quarta-feira, 06 de Julho de 2011, 14h:00 - A | A

MEDIDA EXTREMA

Prefeito em exercício manda construir 15 quebra-molas na Capital de MT

Há cerca de 300 pedidos de construção de redutores de velocidade na cidade que vai sediar jogos da Copa

ALIANA F. CAMARGO
aliana@hiperntocias.com.br

Divulgação
A rua Comandante Costa receberá redutor de velocidade

O prefeito em exercício, Julio Pinheiro (PTB), mandou instalar 15 quebra-molas em diversos pontos de Cuiabá, principalmente em locais onde ocorrem mais acidentes de trânsito, mas o número representa apenas 2% do total de pedidos à Secretaria Municipal de Tranportes e Trânsito (SMTU). Em cidades brasileiras, o uso desses redutores de velocidade está ultrapassado.

O edital foi publicado no dia 10 de junho pela SMTU e a empresa Ferreira Mendes Construções foi a ganhadora e fará a execução das obras.  

Dos 15 redutores de velocidade, oito já tem lugar definido para serem construídos, e sete serão decididos nesta quarta-feira (06) em reunião do secretário de Trânsito e Transporte, Edivá Alves, e equipe técnica da Secretaria que se basearão em pontos críticas da cidade para tomar a decisão.

O valor de cada redutor será variado. De acordo com o assessor técnico do SMTU, Joedison Pinheiro, são dois tipos de lombadas que serão construídas respeitando a exigência de cada local. O tipo 1, quando não tem passagem de transporte coletivo, custa R$ 163,47 o metro linear. Em Cuiabá a média é de 8 metros de lombada, com um custo total de R$ 1.307,76.

O tipo 2 são construídos em vias no qual passam ônibus e custam R$ 327,99, totalizando R$ 2.623,92 por lombada. Segundo Joedison, a Secretaria tem mais de 90 pedidos de construção de lombadas. “Somente no ano passado (2010) mais de 300 indicações foram feitas pela Câmara dos Vereadores para a construção dos quebras-molas”.

Os oito quebra-molas já definidos, serão construídos nesta semana nas ruas Comandante Costa, Estevão de Mendonça, próximo ao ginásio de esporte Quilombo; Rua das Orquídeas, no Bosque da Saúde; Rui Barbosa, em frente à escola Pascoal Moreira Cabral (nesse ponto serão dois quebra-molas); na avenida Estevão Torquato, próximo ao comando-geral do bairro Novo Paraíso (também dois quebras-molas) e na rua Rondonópolis, em frente ao Cras (Centro de Referências da Assistência Social).

Segundo Julio Pinheiro “com essa ação quem ganha é o condutor do veículo, o pedestre, e a cidade, enfim todos ganham. Até o final dessa curta e proveitosa gestão uns 15 quebra-molas serão implantados em Cuiabá”.

LOMBADAS ESTRATÉGICAS

A primeira lombada a ser construída será no cruzamento das ruas Comandante Costa e Voluntários da Pátria. A via gera muito confusão e também desrespeito por parte dos condutores.

No dia 25 de maio houve um acidente que matou um casal de pastores e deixou quatro pessoas feridas depois de uma interpretação errada de que a Comandante Costa ao cruzar com a Voluntários da Pátria continue sendo preferencial.

Edivá Alves explicou que a Comandante Costa com a Voluntários da Pátria possui um cruzamento que geometricamente oferece perigo, por dispor de duas ruas estreitas. “Por essas ruas serem estreitas, as casas e os comércios aqui instalados ficam muito próximos dessa vias e expostos aos acidentes”, explicou.
 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros