Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 09h:54

Tamanho do texto A - A+

Parque Cuiabá é preparado para ser abastecido por nova ETA

Por: REDAÇÃO

Os 10 mil moradores do Parque Cuiabá, bairro histórico fundado na década de 1970, iniciam o ano de 2020 com uma nova realidade de saneamento básico. Com a entrada em operação da mais nova estação de tratamento de água da capital, a ETA Sul, cujas obras estão na fase final, a comunidade passará a receber água em sistema contínuo, com pressão. Por essa razão, a Águas Cuiabá realiza, neste momento, procedimentos de  preparação das estruturas de abastecimento da região. Conhecida como setorização, a ação é focada na adequação do sistema a partir das análises das necessidades de consumo de cada localidade e características das tubulações existentes.

Reprodução

Nova estação eta parque cuiaba

O Parque Cuiabá é o quarto bairro do sul da cidade a passar pelo processo de setorização. No mês de janeiro, a concessionária deu início ao processo de verificação  das redes de distribuição do Sistema Sul de Abastecimento de Água. Desde então, os bairros Santa Terezinha I e II, Jardim Presidente I e II e Jardim Passaredo passaram pelo processo. Os próximos bairros a receberem o processo, ainda em fevereiro, são Residencial Coxipó, Itapajé, São Francisco e região do Coophema.

“Para garantir a eficiência desse novo complexo responsável pelo abastecimento e distribuição de água, chamado Sistema Sul, é fundamental que as redes estejam aptas a receber água em grande volume, com pressão”, explica o diretor executivo da Águas Cuiabá, William Figueiredo. O gestor informa que o processo denominado setorização deve ser concluído até o mês de março. A companhia estima que sejam investidos neste trabalho R$ 7,3 milhões.

O procedimento - Setorização é o nome dado ao conjunto de procedimentos realizados com o objetivo de garantir que cada bairro, rua e casa receba água na quantidade e pressão ideais. Para isso, profissionais fazem um verdadeiro mapeamento das localidades a serem atendidas, considerando elementos como o relevo (partes mais altas e mais baixas de cada bairro), concentração de unidades consumidoras e extensão das redes (tubulações) de abastecimento.

“Vale lembrar que, durante os trabalhos de setorização, é possível detectar a necessidade de novas redes em determinados locais. Por isso, pode haver obras de instalação de tubulações de abastecimento”, observa o diretor.

Manutenção das estruturas – Além de equilibrar o sistema, a setorização garante a eficiência das estruturas de distribuição de água. Esse equilíbrio viabiliza a correta pressão na rede, conforme a necessidade de consumo e modelo topográfico de cada região. Dessa forma, a medida evita o desperdício de água e possíveis quebras nas tubulações.

Sobre a Águas Cuiabá – Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, a Águas Cuiabá assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na capital mato-grossense em 2012. A empresa atende a 565 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 7,1 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

Sobre a Iguá Saneamento - A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações que somadas beneficiam 7,1 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2018, foi eleita pelo segundo ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” que dizer água.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto