Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 17h:36

Tamanho do texto A - A+

Pagodeiro que brincou sobre time pede desculpas

Por: KHAYO RIBEIRO

O pagodeiro Léuo Araújo foi agredido na noite de sábado (09) em um bar de Cuiabá após fazer uma brincadeira a respeito dos títulos do Palmeiras. Após cantar “O Palmeiras não tem mundial”, o cantor levou socos do torcedor do Mancha Verde, Bruno Paolo. Ao HNT/HiperNotícias, a assessoria de comunicação do artista apontou que Léuo está assustado com o episódio e se arrepende da brincadeira.

Reprodução

Palmeiras

“Não foi de caso pensado [a fala sobre o time]. A agressão foi uma surpresa para ele. Ele pede desculpas à torcida, entende que foi um caso pontual e diz que não vai mais fazer esse tipo de brincadeira”, apontou a comunicação do cantor.

A assessoria disse também que o cantor tem sido ameaçado por meio de comentários “pesados” nas redes sociais. Contudo, informa que a agenda de shows do pagodeiro não foi alterada em virtude dos acontecimentos.

Nas redes sociais, o torcedor Bruno Paolo faz menções constantes ao time, a exemplo de “Palmeiras, minha vida é você”. A reportagem tentou contato com o torcedor, mas não houve retorno.

Entenda o caso

A agressão aconteceu durante apresentação de Léuo em uma casa de espaço de festas recém-inaugurado na Avenida Prainha, em Cuiabá. Após a agressão, o cantor precisou ser escoltado pela polícia do palco.

Segundo a assessoria do cantor, as lesões no pagodeiro não foram graves e, assim, o artista não precisou de receber atendimento médico.

Um vídeo circula nas redes sociais com o exato momento da agressão. Na filmagem é possível ver uma multidão ser divertindo ao som da música cantada pelo artista. O momento de descontração, contudo, se converte em violência após a menção ao time.

Nesta segunda-feira (11), o caso alcançou destaque em grandes veículos nacionais, tanto os portais especializados em esportes quanto os de variedades.

VEJA O VÍDEO COMPLETO A SEGUIR:

Avalie esta matéria: Gostei +4 | Não gostei - 1