Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 11h:50

Tamanho do texto A - A+

Namorado de engenheira morta no trânsito faz carta de despedida

Por: LUIS VINICIUS

O namorado a agrônoma Júlia Barbosa de Souza, morta durante um conflito de trânsito, no último dia 9 de novembro, Vítor Giglio, escreveu uma carta de despedida para a mulher de 28 anos. A mensagem foi repercutida pelo Programa Fantástico, da TV Globo, no domingo (17) e lida pelo ator Rafael Cardoso.

julia barboza.jpg

 

Vitor, por ainda estar em estado de choque, não gravou entrevista com a equipe de reportagem. Na carta, o homem disse que morava na cidade de Cornélio Procópio (PR) onde conheceu Júlia.

No entanto, Vítor foi transferido para Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá) e mesmo com a distância, o casal decidiu manter o relacionamento. Júlia estava visitando o namorado, no dia do crime, para comemorarem o aniversário dele juntos.

“Em determinada época deste ano, fui transferido para a cidade de Sorriso. Quando lhe dei a notícia, chorou muito achando que iríamos terminar. Foi totalmente o contrário, isso só nos aproximou e fortaleceu mais”, explixa Vítor.

Na mensagem, Vitor chama o assassino de desequilibrado e afirma que Júlia estará eu seu pensamento.

“Foi passar o meu aniversário de 31 anos e não voltou mais para ver seus familiares, devido a uma pessoa que no mínimo posso chamar de desequilibrada, ceifou a vida dela com um tiro sem ter nenhum motivo. Te amo para sempre Júlia. Serás sempre uma bela lembrança”, finalizou.

A reportagem que foi ar você assiste aqui.

O crime

A engenheira morreu com um tiro na nuca durante uma perseguição no trânsito. A jovem estava no carro do namorado quando ambos começaram a ser seguidos após ultrapassarem uma hilux branca - que os perseguiu seguiu buzinando e alertando para que parassem o carro.

O produtor rural Jackson Furlan, foi preso dias depois suspeito de ter cometido o crime. Ele está preso no Centro de Ressocialização de Sorriso.

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei - 1