Cidades Sexta-feira, 01 de Julho de 2022, 17:36 - A | A

Sexta-feira, 01 de Julho de 2022, 17h:36 - A | A

ESTATÍSTICA TRÁGICA

Mato Grosso atinge a marca de 15 mil vidas perdidas para o coronavírus

Nas UTIs, a taxa de ocupação continua em níveis alarmantes. Dos 80 leitos pactuados para o tratamento da covid-19 na rede pública, 64 estão ocupados e um bloqueado

Da Redação

image

Mato Grosso atingiu a marca de 15 mil mortes por covid-19 nesta sexta-feira (1º). Ao todo, o Estado registra 768.344 casos da doença. Desse montante, 12.595 estão em monitoramento e 740.028 estão recuperados. 

Nas UTIs, a taxa de ocupação continua em níveis alarmantes. Dos 80 leitos pactuados para o tratamento da covid-19 na rede pública, 64 estão ocupados e um bloqueado. O número reflete na taxa de 77,5% de ocupação geral, com algumas unidades em situação ainda mais crítica. 

Desde o início da semana, o Hospital Regional de Cáceres mantém a ocupação de 100%. O Hospital Regional de Nova Mutum, o Hospital e Materninade São Lucas, em Primavera do Leste e o Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, variam entre 75% e 85% de ocupação. 

Nas enfermarias, a situação é um pouco mais confortável, com os leitos 16% ocupados. Apenas o Hospital Júlio Müller, em Cuiabá, excedeu sua capacidade, mas o Hospital de Alta Floresta Albert Sabin também se aproxima do esgotamento, com 80% de leitos ocupados. 

Os dez municípios com maior número de casos de covid-19 são Cuiabá (133.025), Várzea Grande (53.755), Rondonópolis (44.310), Sinop (34.763), Tangará da Serra (24.767), Lucas do Rio Verde (23.662), Sorriso (23.359), Primavera do Leste (23.089), Cáceres (17.945) e Alta Floresta (17.095).

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros