Quarta-Feira, 20 de Maio de 2020, 16h:21

Tamanho do texto A - A+

Funcionário de frigorífico de VG morre em decorrência de pneumonia

Por: JOELMA PONTES

(Atualizada às 11h54). Uma das unidades do grupo Marfrig, em Várzea Grande, confirmou, na tarde desta quarta-feira (20), que um funcionário morreu por insuficência respiratória, provocada por pneumonia. Em nota emitida pela assessoria de imprensa, a empresa informou que 14 trabalhadores cumprem isolamento domiciliar, após testarem positivo para Covid-19, o coronavirus.

frigorifico(5)(4)(1)(1).jpg

 

"Segundo o relatório médico, não há como atribuir a causa da morte por coronavírus. A empresa lamenta profundamente o fato, vem tomando todas as providências no sentido de auxiliar os familiares", diz trecho da nota encaminhada ao HNT/Hipernotícias.

A empresa informou que adotou diversas medidas para a prevenção da doença em suas unidades, entre as quais, a aferição da temperatura de todos os colaboradores na entrada da empresa, bem como o aumento do intervalo entre operações e a diminuição do fluxo no refeitório.

"A Marfrig foi notificada sobre o teste positivo do total de 14 colaboradores da unidade de Várzea Grande, em Mato Grosso. Imediatamente, a companhia adotou todos os procedimentos estipulados em seu plano de contingência: realizou o inquérito epidemiológico e prontamente afastou de maneira preventiva todos os contatantes diretos e indiretos que estão em isolamento domiciliar".

A contaminação em massa fez com que a empresa determinasse o afastamento dos colaboradores com sintomas de gripe, grávidas, portadores de doenças crônicas e acima de 60 anos e que reforçou a equipe médica para intensificar o monitoramento dos casos, fortaleceu o uso dos Equipamento de proteção individual.

Conforme a secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, o município já contabiza 50 casos sendo 02 óbitos, 15 recuperados, 24 pessoas em isolamento domiciliar e 9 internados.

Confira nota na íntegra:

"A Marfrig foi notificada sobre o teste positivo do total de 14 colaboradores da unidade de Várzea Grande, no Mato Grosso. Imediatamente, a companhia adotou todos os procedimentos estipulados em seu plano de contingência: realizou o inquérito epidemiológico e prontamente afastou de maneira preventiva todos os contatantes diretos e indiretos que estão em isolamento domiciliar.

Adicionalmente a Marfrig está seguindo todas as determinações da vigilância epidemiológica do município que, na quinta-feira passada, dia 14 de maio, fez uma visita a planta e, após análise, aprovou todas as ações feitas e o plano de contingência para a unidade.

A companhia adotou diversas medidas para a prevenção da doença em suas unidades, entre as quais, a aferição da temperatura de todos os colaboradores na entrada da empresa, o aumento do intervalo entre operações, a diminuição do fluxo no refeitório com diferentes intervalos para as refeições, o afastamento dos colaboradores com sintomas de gripe, grávidas, portadores de doenças crônicas e acima de 60 anos.

Reforçou ainda a equipe médica para intensificar o monitoramento dos casos, fortaleceu o uso de EPIs e a comunicação quanto as medidas de prevenção e uso correto das máscaras dentro da indústria. Como mais uma maneira de fortalecer as medidas preventivas a companhia realizou a desinfecção total da unidade e todos os colaboradores estão sendo vacinados contra H1N1".

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei