Terça-Feira, 25 de Julho de 2017, 09h:00

Tamanho do texto A - A+

Cliente compra carne embalada a vácuo em supermercado e encontra larvas em alimento

Por: CAMILLA ZENI

O almoço deste domingo (23) de uma família de Várzea Grande ficou comprometido por uma surpresa desagradável. É que, após comprar uma capa de contra filé embalada a vácuo em um supermercado da região, uma mulher encontrou o produto coberto de larvas.

 

Montagem

carne comper

Consumidora encontra larvas em carne embalada a vácuo

A cliente Evania Luz esteve no supermercado Comper, localizado na avenida Alzira Santana, no bairro Água Limpa, por volta das 11h, para comprar ingredientes para o almoço. Pegou o que precisava e escolheu uma peça de carne, embalada a vácuo, da marca Frigoara. Pelo produto, que pesava pouco mais que dois quilos, ela pagou R$22,20. Ao chegar em casa, porém, encontrou as larvas de moscas.

 

A mulher expôs o caso no grupo do Facebook “Aonde não ir em Cuiabá”. Pelo mau estado da etiqueta do supermercado, não é possível identificar a data de validade do produto.

 

Conforme a cliente, a surpresa veio ao abrir o plástico que embalava a carne.

 

Lídia Liando, responsável pelo marketing do supermercado, prontamente comentou na publicação da cliente, informando que, como o produto é industrializado, não há como o estabelecimento verificar. Por isso, contam com a fiscalização e liberação do Serviço de Inspeção Federal (SIF). Apesar disso, observou que irá entrar em contato com os fornecedores e dar maior esclarecimento aos clientes.

 

Já nesta segunda-feira (24), a reportagem entrou em contato com a funcionária no estabelecimento, que reforçou que não apenas houve ressarcimento como o produto também havia sido trocado. Conforme Lídia, o Comper levou a cliente para conhecer o processo de corte de carnes do supermercado.

 

A funcionária ainda informou que o frigorífico envolvido no caso também se disponibilizou para esclarecer os processos para a cliente, que esteve em visita no frigorífico nesta manhã.

 

A cliente não retornou ao contato da reportagem até a publicação da matéria.

 

Por meio de nota, o frigorífico informou que a carne em questão não possuia larvas, conforme declarado na rede social e em nossa matéria. Conforme o estabelecimento, foram solicitados laudos técnicos no produto em questão e comprovou-se que as partes apontadas se tratavam de resquícios de gordura.

 

Confira a informação abaixo:

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante da notícia divulgada por alguns sites de Cuiabá e Várzea Grande relatando que uma internauta teria comprado carne com verme em um conhecido supermercado da região, o Frigoara, um das empresas do Grupo Bihl, vem a público esclarecer o seguinte:

- Diferente do que foi divulgado pela cliente numa rede social, não se trata de larva ou verme o que foi encontrado na carne;

- Laudo emitido pela empresa Analítica Ciência e Tecnologia, nessa segunda-feira (24), comprova que se trata de desfibramento do tecido muscular da própria carne que pode se desprender no momento do corte, principalmente no caso da capa de filé, resultando, assim, em resquícios de gordura, carne e cartilagem;

- O referido laudo comprova ainda que as amostras do mesmo lote foram analisadas e encontram-se dentro das conformidades exigidas pelos órgãos de controle e fiscalização municipal, estadual e federal;

- Outro laudo Técnico de Avaliação de Qualidade requerido pelo Grupo Bihl atesta, nessa terça-feira (25), que o produto (carne resfriada de bovino sem osso – Capa de Filé, lote número 1207/2017) apresenta-se em conformidade com os requisitos higiênico-sanitários, não apresentando qualquer risco à saúde;

- Por fim, o Frigoara e o Grupo Bihl apresentam os laudos em anexo e reafirmam o compromisso com a qualidade de seus produtos e o bem-estar dos clientes.

 

Cuiabá, 25 de julho de 2017.

 

Atualizada às 17h30.

Credito: Facebook
Credito: Facebook
Credito: Facebook
Avalie esta matéria: Gostei +6 | Não gostei - 6

Leia mais sobre este assunto