Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 18h:08

Tamanho do texto A - A+

Casos de contágio por coronavírus triplicam em MT; SES confirma 6 ocorrências

Por: KHAYO RIBEIRO

O número de casos confirmados de contágio pelo Covid-19, o coronavírus, subiu para seis, como apontam dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgados nesta segunda-feira (23). O valor representa um aumento de três vezes em relação ao último balanço divulgado pela pasta, no qual Mato Grosso possuía apenas duas ocorrências de contaminação pelo vírus.

Reprodução

Coronavirus

 Imagem ilustrativa

Segundo o boletim divulgado pela SES, a maior parte das ocorrências está concentrada em Cuiabá, onde há cinco pessoas contaminadas. Em Várzea Grande, há uma ocorrência de contaminação pelo vírus.

Ainda segundo o balanço, a pasta monitora 210 casos suspeitos de contágio distribuídos por, no mínimo, 40 municípios de Mato Grosso. No estado, o Laboratório Carlos Chagas e o Hospital Santa Rosa de Cuiabá são os únicos laboratórios que apresentaram documentação e estão aptos a realizarem exames de diagnóstico para o Covid-19.

Perfil dos casos confirmados

De acordo com a SES, dentre os cinco casos confirmados em Cuiabá três são de homens e dois são de mulheres, enquanto que em Várzea Grande a ocorrência de contaminação pelo coronavírus é de um homem.

As pessoas contaminadas pelo vírus em Mato Grosso têm menos de 60, o que as distancia, em pelo menos um fator, do grupo de risco apontado pelo Ministério da Saúde – que destaca que pessoas acima dos 60 anos são mais vulneráveis ao contágio.

Os quatro homens confirmados com o vírus têm 31, 38, 48 e 50 anos, enquanto as mulheres têm 43 e 45 anos. O Ministério da Saúde considera grupo de risco as pessoas acima dos 60 anos, fumantes, pessoas com doenças crônicas, hipertensos e diabéticos.

Como evitar o contágio?

- Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

-  Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

-  Evite o contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente.

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo. Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Esses são hábitos diários que podem ajudar a impedir a propagação de vários vírus, inclusive o novo coronavírus.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1