Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Artigos Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016, 10:58 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016, 10h:58 - A | A

Análise dos candidatos, a resenha

Não estou levando em consideração o que um candidato falou do outro, denúncias, ou qualquer outro fator externo ao presente e futuro dos candidatos...

JOÃO EDISOM

 

Facebook

João Edisom

 

Vou aqui fazer uma análise dos nossos candidatos a prefeito por Cuiabá, usando como campo para interpretação apenas o que foi apresentado nos programas eleitorais, no plano de governo, nas falas dos debates e as  entrevistas concedidas neste período.  Não estou levando em consideração o que um candidato falou do outro, denúncias, ou qualquer outro fator externo ao presente e futuro dos candidatos...

 

Como régua para medir vou usar cinco princípios apenas: Primeiro, as propostas defendidas durante este período; segundo, a capacidade de diálogo de cada um com os diversos setores, principalmente os constitucionais, tão necessários para gerir uma capital; terceiro, o grupo em torno, a coerência  e a força dos partido, aliados para fazer acontecer as promessas; quarto, a viabilidade do que está escrito e do que falou durante este período que se apresentou à sociedade e; quinto, as condições econômicas do País, do Estado e, principalmente da Prefeitura, para fazer acontecer o que estão propondo.

 

O que apresento aqui é opinião, é a visão de uma pessoa que estuda política dia e noite, mas que jamais tem ou terá a pretensão de ser o dono  da verdade, que não venha militantes nervosinhos defender suas dores. Escreva, é seu direito, defenda sua opinião que é democraticamente aceita e respeitada, afinal esta é uma análise que todos os eleitores têm o direito de fazer e as próprias réguas com os critérios que quiserem, para estabelecer suas medidas sem ter que que ficar desqualificando ninguém, aliás desqualificar  a opinião dos outros é sinônimo de gente intolerante e sem opinião.

 

A primeira constatação é que todos os candidatos possuem nível superior e, em faculdades qualificadas. Falam com desenvoltura e suas propostas factíveis ou não, dão uma possibilidade enorme de variedades de escolha. O velho chavão de que “são todos iguais” nesta eleição, não é verdadeiro, há no mínimo quatro concepções, posições e modelos diferentes em disputa. Segue em ordem alfabética.

 

EMANUEL PINHEIRO (PMDB)

Pontos positivos: tem um grupo que, boa parte dos que o acompanha tem crédito, é qualificado, tem identidade com a cidade, suas propostas atendem anseios da população, possuem contatos políticos e relações em todos os níveis, mas errou a mão com a história do VLT no início. No entanto, realinhou do meio da campanha para a frente, sabe fazer política.

 

Pontos Negativos: enfrentará dificuldades na gestão, pois uma parte do pessoal que está com ele e, não estou falando de gente presa e sim, de gente bem ‘solta’, que é temerária e vai tentar interferir de forma perniciosa em sua gestão. Terá dificuldades com o funcionalismo público, já que prometeu demais para este tempo de crise. Será cobrado já no primeiro ano, suas propostas aumentam os gastos municipais e sua sigla partidária tem um histórico muito pesado.

 

JULIER SEBASTIÃO (PDT)

Pontos positivos:  uma grata surpresa na política mato-grossense, assim que se desvestiu da toga e deixou Arcanjo em paz. Passou a  interagir com as necessidades da cidade, apresentou soluções factíveis para determinados problemas crônicos. É verdade que ainda tem utopias de principiante, mas é inteligente o suficiente para fazer adaptações necessárias.

 

Pontos negativos: os velhos dirigentes do seu partido, nunca conseguiram conviver com o sucesso de seus filiados e teria dificuldades nos primeiros anos, pois embora seja um homem que sempre lidou na esfera pública, tem muito o que aprender para tramitar na esfera política, pois geralmente o traquejo demora uns dois anos no mínimo.

 

PROCURADOR MAURO(PSOL)

Pontos positivos: além de ‘botar’ a culpa nos barões da soja e nas campanhas milionárias dos poderosos, não costuma falar muito e nem propor, mas é candidato a várias eleições e muita gente está querendo vê-lo  atuar. Além do mais, para quem está enjoado do modelo político brasileiro vigente, ou seja, torcendo para o quanto pior, melhor ele passou ser uma opção, pois defende algo a mais que um mandato, defende um sistema que não está em curso no Brasil, ou seja, é um ponto fora da curva e isso tem atraído eleitores, não só aqui mas no País inteiro.

 

Pontos negativos: não tem identidade com a ideologia de seu partido. Luciana Genro e Jean Wylly, as estrelas do PSOL cuspiriam nele se ouvissem o mesmo, discursar e falar o que pensa sobre as minorias. Se vencer, será expulso do partido. Não é de diálogo, portanto não falaria com a Câmara de vereadores, não falaria com o Governo do Estado, não falaria com o  Governo Federal. As poucas propostas não são factíveis para este modelo político vigente, seu discurso está para um governo trabalhista da segunda metade do século XVIII, portanto, está 200 anos atrasados no tempo. Sem preconceito nenhum, mas ele precisa de identidade, de reciclagem e saber propor. O próprio partido dele tem uma ótima escola de formação partidária.

 

RENATO SANTANA (REDE)

Pontos positivos: assim como Julier é uma grata surpresa, pé no chão, cabeça conectada com o futuro, foge dos esteriótipos dos políticos tradicionais, apresenta soluções responsáveis e sustentáveis e podem ter certeza, daqui a quatro ou cinco eleições, políticos para serem eleitos, irão fazer o discurso que ele faz hoje. Se a eleição fosse em 2050 ele seria muito bem votado e a culpa não é dele, e sim do Pais que não evoluiu nas políticas sustentáveis. Espero que continue na política e não perca seu ideal e seus sonhos.

 

Pontos negativos: é de um partido novo, é um político com idéias novas, disputando eleição em um processo gerido por uma política velha, com velhos modelos de gestão. Portanto, mesmo que venha a vencer, faltaria grupo e sustentação para por em prática nesta gestão, o que propôs.

 

SERYS MARLI SLHESSARENKO (PRB)

Pontos positivos: mulher, capaz, biografia invejável, sabe transitar no meio político, tem identidade com a cidade, é experiente como gestora e como política, tem proposições interessantes e outra polêmicas, mas tem energia e pique para enfrentar problemas, boa de briga sem nunca ter perdido a compostura, tem a garra aliada à sensibilidade que precisa ter, um gestor de uma grande cidade.

 

Pontos negativos: assim como o Procurador Mauro, não tem identidade com a sua sigla partidária, aliás os dois poderiam trocar de partidos que ficariam mais coerentes. Está sem o grupo necessário para gerir uma prefeitura do tamanho de Cuiabá, isto é evidente até na campanha.

 

WILSON SANTOS (PSDB)

Pontos positivos: para o atual momento, disparado o mais preparado, conhece a cidade, é experiente, é provável que manteria boa parte do atual secretariado, logo não teríamos solavancos. Fez uma boa gestão no primeiro mandato que teve, tanto que o povo o reelegeu. Está conectado com os governos estaduais e federal, pelo menos nos próximos dois anos. Suas propostas são factíveis e, nesta campanha não apresentou nenhuma loucura ou utopia.

 

Pontos negativos: o povo o conduziu-o a um segundo mandato e ele não tratou com o devido respeito. Paga por isso até hoje e tem pesado muito nesta eleição, pois costuma falar mais que a boca e, por isso carrega muitos rótulos.

 

Concluindo: Acredito que na política e no amor, sempre haverá espaços para idiotices e loucuras, inclusive as minhas. Dia dois está aí, portanto certo ou errado, nossas reais opiniões serão depositadas nas urnas. Suas consequências, bem, as consequências serão de todos.

 

*JOÃO EDISOM é Analista Político, Professor Universitário em Mato Grosso e colaborador do HiperNotícias.

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do site de notícias www.hnt.com.br

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros